A Poetisa

[Parte de um projeto. – Agradeço à Luísa Candeias pela inspiração e a conversa criativa de hoje.]

Como o sol queima as minhas ideias,

E atira-as para o penhasco, a minha alma.

E como ele toca na minha pele, no meu coração.

Esse não arde, não.

Bombeia gelo pelas minhas veias,

Não há estrela que o pare.

Nem tu, ó sol, que tanto me prendes a respiração,

e teimas em entrar no coração.

13664726_10207957799957034_1202843368_n

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s